Fagote - Academia de Música Santa Maria da Feira

Ir para o conteúdo

Menu principal:

OFERTA PEDAGÓGICA

FAGOTE

É o instrumento mais grave das madeiras. Ele ramifica-se ainda em outros dois instrumentos: o Fagotino e o Contra Fagote. O Fagotino é um Fagote menor e mais agudo, que actualmente está em desuso. O Contra Fagote é maior que o Fagote, pesando cerca de 10 kg, e soa uma oitava abaixo deste.

PROFESSORA:

Cláudia Torres

Contra Fagote.

FAGOTE
O Fagote é um Instrumento da Classe dos Sopros, da família das Madeiras. A palavra Fagote deriva do italiano fagotto. È também considerado um Instrumento de Palheta Dupla.

Aparecendo com a sua forma moderna no século XVIII, o Fagote figura proeminentemente em orquestras e grupos de música de câmara. Devido ao seu dedilhado complicado e às palhetas duplas, o Fagote é um instrumento particularmente difícil de aprender, e os estudantes normalmente escolhem-no após dominarem um outro instrumento de sopro, como a flauta ou o clarinete.


O FAGOTE HOJE
Hoje, existem dois tipos de Fagotes: o Fagote do sistema francês e o do sistema alemão. As principais diferenças entre os instrumentos dos dois sistemas residem na madeira utilizada na sua confecção, a furação e o chaveamento, e consequentemente, os diferentes dedilhados, etc.

Nas orquestras modernas é comum haver entre dois a quatro Fagotes, para que haja um Contra Fagote, quando necessário, e um outro seja solista. O seu timbre torna-o adequado tanto para peças líricas como para cómicas. O Fagote combina muito bem com os outros instrumentos de palheta dupla, e costuma acompanhar solos de Oboé ou Corne Inglês. Geralmente executa pequenos solos, ou forma duetos com outros instrumentos de sopro. Na música de câmara normalmente usa-se o Fagote como baixo para quase qualquer combinação de sopros de madeira. Hoje, inclusive, têm vindo a conquistar espaço os quartetos de Fagote.

 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o menu principal